Tuesday, March 13, 2007



ARTESANATO DE SER


O pôr-do-sol

Cor de sangue

Pulsa em minhas veias

Que querem voar

Ir até o mar

Porto da barra de amar

Artesanato de ser

Renascer dia-a-dia

Doce magia

Muito além "do que supõe

Nossa vã filosofia"...


(Gustavo Adonias)


*Poesia Registrada na Biblioteca Nacional*

1 comment:

Dri said...

uau, lindo!