Tuesday, July 13, 2010



PERSEGUINDO ASTROS


Perseguindo astros

Como quem segue rastros

Pequenos galhos

Frutos silvestres

Tudo é pista

Sina do encontro

O homem roda e fica tonto

Tanto quanto o pião que gira

E mira o caminho de ser sozinho

Perseguindo astros

Lua e sol no lençol do firmamento

Estrelas de alabastro

No quarto crescente do subconsciente...


(Gustavo Adonias)

*poesia registrada na Biblioteca Nacional*

3 comments:

LiLa BoNi said...

Oooooooooooooooo menino lindo...quanta inveja tenho de ti!!! Amo teus escritos...amo...
Mil beijos !!!!!

Rose said...

Sua poesia desperta o melhor e mais intenso "jeito" do pensar, do sentir, do querer... do Viver . Desperta porque se mostra aliado ao sentimento que emociona a gente, num abraço de poesia. Bj. Rose

Anonymous said...

Assim como os astros, saiba que tens seguidores...[:)]
Incluindo eu !


Patrícia
Santo André SP